domingo, 21 de novembro de 2010

Saber o que se tem. Saber o que se precisa. E fundamentalmente, saber aquilo que não se pode prescindir.

1 comentário:

Menino da Mamã disse...

É 3/4 do caminho andado ;)